TransformAÇÃO: atingir as metas com pequenas execuções!

nejuser1/ outubro 25, 2017/ Sem categoria/ 0 comments

Muito se fala em planejamento estratégico e metas, mas será que estamos alinhados com o nosso time o suficiente e com foco na nossa visão? Isso tudo é consequência do engajamento e do trabalho em equipe que falamos no post anterior! Nós, empresários juniores, sempre buscamos benchmarking em planejamento, gestão, mas esquecemos de traçar o plano de ação! É preciso sair do plano e partir pra EXECUÇÃO!

Diante disso, estamos aqui pra mostrar alguns resultados da REDE até agora:

São apenas 0,3 projetos e 1,96 de faturamento por empresário por dia.

Nós podemos alavancar esses resultados não acham?

A dica é fazer um Weekly Scrum, que consiste em reuniões semanais – de preferência para o final – para discutir os progressos realizados até o momento e re-planejar. Ele traz inúmeros benefícios como:

  1. Foco – Permite que a equipe não saia do trilho, de forma que revejam o que foi alcançado até o momento, o que precisa ser completado e as prioridades a serem levantas.
  2. Reorganização + Melhoria contínua – Se o plano de ação não estiver indo bem – o que no início é comum acontecer – é preciso usar a reunião como uma oportunidade para analisar os gaps e dividi-los ainda mais em tarefas menores: mensuráveis e executáveis.
  3. Transparência + Trabalho em equipe – É necessário falar sobre os gaps pra permitir maior colaboração e responsabilidade com os prazos e as entregas. Com isso, a chance de ter uma equipe engajada é muito maior.

Mas é preciso ter muito cuidado: O Scrum foi feito pra atividades curtas, nesse mesmo modelo as reuniões devem ser curtas, time-boxed, ou seja, possuem um tempo fixo. Reuniões longas e monótonas não são produtivas! Portanto, tenha um tempo de no máximo 40 minutos para que aqueles pontos acima não sejam perdidos, principalmente o foco na execução!

Além disso, é interessante ter sempre o mesmo bathorário e batlocalO principal motivo desta regra é fazer com que as pessoas se acostumem e passem a sentir que estas reuniões fazem parte de sua rotina diária: assim como escovar os dentes, tomar café, etc.

Atenção!: Para que esta regra funcione, é essencial que a reunião nunca deixe de iniciar porque algum membro da equipe ainda não chegou, ou porque alguém terá que faltar. (Existem projetos ondem as equipes definem algum tipo de punição para quem se atrasa ou deixa de comparecer ao meeting.) O importante é que todos entendam a importância e agreguem os meetings às suas rotinas.

Para que dê certo, indicamos que sejam realizadas pelo corpo diretor da sua EJ com o diretor presidente atuando como o Scrum Master – que organiza onde, que horas, pauta e o modo da reunião fluir. É interessante falar quem inicia – uma prática lega é “quem chega por último começa”.

Definido quem inicia, têm-se 3 questionamentos para que seja produtiva:

  • O que eu fiz nessa semana que ajudou o time a atender a meta da tarefa?

  • O que eu farei semana que vem para ajudar o time a atender a meta?

  • Eu vejo algum obstáculo que impeça a mim ou o time para alcançar a meta?

Nesse sentido, todos respondem de forma clara e sucinta – é bacana definir a ordem da roda para que as respostas fluam e não haja delongas que façam cair a produtividade. Assim, o Scrum Master atualiza as metas e os diretores repassam pra sua equipe!

Vamos começar agora? Queremos ver a nossa Rede NEJ cheia de sangue nozói pra fechar bolo e comer projeto!

Mariana Mangieri

Assessora de Comunicação

FONTES: http://www.mindmaster.com.br/daily-scrum/ ; https://medium.com/@Leepish/the-weekly-scrum-what-is-it-7fdf631aa4eb

Leave a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>
*
*